Ferramenta de Pesquisa

ATUALIZADO: Câmara de Vereadores de Cachoeirinha repassou quase R$ 4 milhões para a Prefeitura
 
O valor é o maior repasse da história do Poder Legislativo de Cachoeirinha
 
O presidente do Poder Legislativo, Edison Cordeiro, em reunião na última segunda-feira (28), com o secretário municipal de Governança, Everton Ávila, informou que a Câmara de Vereadores estava fazendo o repasse de R$ 3.923.715,81 aos cofres da Prefeitura.
 
No inicio da pandemia, a Câmara de Vereadores se disponibilizou para abrir mão de parte dos seus recursos para que os valores fossem investidos em um fundo específico para o combate ao Covid-19, mas naquele momento, a prefeitura recusou a oferta, pois havia recursos federais disponíveis para o combate a pandemia.
Mesmo com a recusa, a Mesa Diretora da Câmara, que é presidida pelo Vereador Edison Cordeiro, ordenou que somente gastos essenciais fossem autorizados, para que em caso de uma necessidade, a Câmara pudesse auxiliar com o repasse desses recursos.
 
"Deixamos de investir na renovação de equipamentos e na infraestrutura da Casa, para que em uma eventual emergência pudéssemos auxiliar o Poder Executivo", comenta Edison Cordeiro.
 
Everton Ávila agradeceu em nome da gestão municipal a economia realizada pelo Poder Legislativo, e parabenizou a Mesa Diretoria por sua gestão.
 
A sugestão dos vereadores da Mesa Diretora, é de que a prefeitura invista estes valores extras para a retomada das obras da EMEI Central Park que está parada, juntamente com a creche projetada do Loteamento Chico Mendes. Ou ainda, que a totalidade desses recursos sejam investidos na construção da nova EMEF Deolinda, que já tem sua fundação construída no antigo campo do Maisonave no bairro Princesa Isabel. Mas por força de Lei, cabe ao Prefeito decidir onde esses recursos extras serão aplicados.
Otoniel Gomes, que vai assumir uma cadeira no Poder Legislativo em 2021, também estava presente no ato.